Google+


Seminário Internacional de Prevenção às Drogas reúne 150 pessoas
Evento financiado pelo FIA contou com diversas autoridades e especialistas da área.

Foto: Eraldo Schnaider

Blumenau sediou, nesta quinta-feira, dia 8, o Seminário Internacional de Prevenção às Drogas, realizado pela Cruz Azul no Brasil. Com o apoio da Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semudes), e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), o evento contou com um repasse de R$ 14.790 do Fundo Municipal para Infância e Adolescência (FIA).

Na ocasião, aproximadamente 150 pessoas estiveram presentes na sede da Cruz Azul no Brasil, no bairro Itoupava Seca, onde puderam acompanhar cinco palestras e participar dos debates sobre a temática. O evento reuniu ainda especialistas na área e autoridades, como o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra; o prefeito Napoleão Bernardes; o vice-prefeito Mário Hildebrandt; e a secretária-geral da Cruz Azul Internacional, Anne Babb.

Durante a sua fala, o prefeito Napoleão Bernardes enfatizou a importância da troca de conhecimentos e a conjunção de esforços entre diferentes entes públicos e organizações da sociedade civil. “A dignidade da pessoa humana é um dos princípios da nossa Constituição. Precisamos estar todos juntos nesta batalha contra as drogas. Tenho convicção de que esse seminário trará importantes subsídios para termos ainda mais efetividade em nossas ações”.

Ao realizar a palestra “O Novo Marco Legal sobre Drogas”, o ministro Osmar Terra chamou a atenção para a necessidade de adequar a legislação sobre a problemática e agradeceu o convite recebido para participar do encontro. “Se queremos melhorar a gravíssima epidemia das drogas, precisamos de parcerias com pessoas que sabem dessa questão”.

O vice-prefeito Mário Hildebrandt afirmou que as ações contra as drogas precisam ser efetivadas como políticas permanentes intersetoriais, envolvendo áreas como desenvolvimento social, saúde e educação. “Este é um momento importante, de discussão e soma de esforços para uma sociedade melhor, longe das drogas. É um dos desafios atuais e só a mobilização entre poder público e sociedade civil poderão mudar essa realidade”.

De acordo com a secretária-geral da Cruz Azul Internacional, Anne Babb, o combate à drogadição é um desafio global. “Os problemas sobre drogas são os mesmos em todos os lugares. Estamos trabalhando há 103 anos e temos muito o que fazer. Se não for oferecido um suporte para o dependente, de nada adianta o tratamento. É preciso oferecer ajuda para que saiam do ciclo”, ressaltou.

 

Assessor de comunicação: Filipe Rosenbrock



postada em 08/02/2018 18:00 - 407 visualizações



Fotos
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider