Google+


Sancionada lei que valoriza cultura germânica da Vila Itoupava
O intuito é incentivar a valorização das características históricas da região.

Na quarta-feira, dia 4, o prefeito Napoleão Bernardes sancionou a lei complementar nº. 1.182/2018, que tem como objetivo estabelecer requisitos especiais para a elaboração e a aprovação de projetos de construção e reforma de prédios públicos municipais no âmbito do distrito da Vila Itoupava.

A proposta, que foi uma iniciativa do Conselho Municipal de Desenvolvimento do Distrito da Vila Itoupava (Comdevi), consiste que as construções de prédios feitas na Vila Itoupava devem seguir uma linguagem arquitetônica baseada na arquitetura tradicional da região, desenvolvida por imigrantes alemãs. Dentre os requisitos, constam que os prédios deverão ter no máximo 2 pavimentos, a vedação ao uso de elementos arquitetônicos que façam referência a tipologias e estilos estranhos à paisagem, além da preocupação com o padrão a ser utilizado nos telhados e esquadrias, entre outros. O intuito é incentivar a valorização das características históricas, culturais, etnográficas e paisagísticas que a região possui.  

Para o intendente Erno Bublitz, isso fará com que o distrito fique cada vez mais atrativo. “É de grande importância principalmente pelo potencial de turismo que o distrito tem, que em 2018 completa 75 anos”, destaca.

 

Assessora de comunicação: Giulia Venutti Cirne Corrêa.



postada em 05/04/2018 15:51 - 42 visualizações