Google+

Em Brasília, Prefeito avança na busca de recursos para Blumenau
Durante a reunião foram pleiteados R$ 1,5 milhão para colocar o projeto em prática.

O Prefeito Napoleão Bernardes esteve em Brasília na tarde desta quarta-feira, dia 8, em dois compromissos que podem viabilizar recursos financeiros para obras e serviços importantes para a cidade. Acompanhado do deputado federal João Paulo Kleinubing e dos secretários municipais Marcelo Schrubbe e Rodrigo Quadros, o prefeito esteve na Secretaria de Aviação Civil e Secretaria Nacional de Defesa Civil.
 
Na Aviação Civil, a audiência administrativa tratou do balizamento noturno do Aeroporto Quero-Quero, que possibilitaria o funcionamento do helicóptero Arcanjo, do Samu, durante a noite, bem como as aulas de voo noturno da escola de formação de pilotos, uma das maiores do país. "E o maior ganho para o município e região com a operação do Quero-Quero à noite é a possibilidade de Blumenau, uma cidade referência em transplante de órgãos, não perder nenhuma oportunidade de salvar vidas, a qualquer hora", ressaltou o prefeito.

Durante a reunião foram pleiteados R$ 1,5 milhão para colocar o projeto em prática. Para captar os recursos financeiros, o município deve viabilizar uma parceria com o Aeroclube para o desenvolvimento do projeto, que deve ser apresentado até agosto.

Já na Defesa Civil, com o secretário Renato Newton Ramlow, foram apresentados os planos de ação para a recuperação dos bairros Garcia e Velha, que sofreram com chuvas fortes em janeiro e no último fim de semana, respectivamente. O valor necessário para viabilizar as obras no Garcia é de R$ 8 milhões e a estimativa para a Velha, de R$ 12 milhões.

Outro assunto discutido na reunião entre o prefeito e os secretários foi a realização da Sabo, que se refere a obras de contenção de detritos, muito usadas no Japão. O governo federal sinalizou a possibilidade de custear a primeira obra deste tipo no Brasil em Blumenau, por meio do projeto Jica, que seria utilizada como exemplo de prevenção no país. As áreas em potencial para instalação são Fortaleza Alta e Nova Rússia.

Ainda durante o encontro, o Secretário Nacional comprometeu-se em viabilizar a instalação do Centro de Operações de Blumenau (COB), uma central que pretende integrar os serviços de segurança do município. Após os trâmites burocráticos, é necessário que o recurso venha por meio de emendas parlamentares. Dos R$ 1,5 milhão necessários para iniciar a primeira etapa, de instalação, o deputado Kleinubing já garantiu R$ 500 mil durante a visita. "O centro integrado muda toda a questão de monitoramento de emergências em Blumenau, integrando entidades como Bombeiros, Polícias Civil e Militar e gestão de equipamentos. Será um grande ganho em segurança", afirmou Napoleão.

A agenda da comitiva em Brasília segue amanhã, dia 9, quando Blumenau será sancionada como a Capital Brasileira da Cerveja.

Assessora de Comunicação: Marília Prado



postada em 08/03/2017 17:55 - 350 visualizações



Fotos
  • Foto: Divulgação