Google+

Voluntários estrangeiros participam de intercâmbio na FCBlu
Provenientes da Colômbia e Peru, jovens permanecem seis semanas na cidade desenvolvendo atividades culturais.

A Fundação Cultural de Blumenau recebe este mês dois voluntários na área cultural provenientes da Colômbia e Peru. Os jovens permanecem na cidade durante seis semanas, onde desenvolverão propostas para aprimorar e divulgar as ferramentas disponibilizadas ao público pela FCBlu. Durante o período de intercâmbio, os dois aproveitam para aperfeiçoar a Língua Portuguesa e também difundir o espanhol entre os moradores da cidade.

O universitário colombiano Santiago Quintero Delgado, 19 anos, chegou a Blumenau no começo do mês para atuar como voluntariado no intercâmbio da Aiesec, uma entidade internacional que tem como objetivo cultivar o espírito de liderança nos jovens. Proveniente de Medelín, ele está na cidade com o propósito de desenvolver um projeto que irá auxiliar a Fundação Cultural no setor de marketing e em suas ferramentas promocionais.

“Minha tarefa é impactar positivamente o público e conhecer mais sobre a sua cultura e as ferramentas que FCBlu dispõe para promover o segmento em que atua”, observa. “Estou gostando muito de falar o português e de ajudar os moradores locais a entender o espanhol. Certamente, levarei boas lembranças desta bela cidade, cheia de pessoas amáveis. Agradeço a Fundação Cultural por me deixar fazer parte do seu trabalho”.

O peruano Marco Antonio Soto Rumiche, 24 anos, é outro que vive uma jornada de aprendizagem em Blumenau. Natural da cidade de Chiclayo, é formado em História e Gestão Cultural pela Universidad de Piura. “Durante seis semanas, participarei de uma proposta de implementação de um roteiro interpretativo como parte da propagação do marketing cultural em patrimônio natural”, destaca. “Essa proposta tem como objetivo valorizar a cultura local, fazendo com que o público que visita o museu se sensibilize com a preservação deste local.”

A Aiesec é uma organização formada por jovens que se preocupam em liderar um impacto positivo na sociedade, a partir da promoção da paz, igualdade, tolerância e bem-estar social. A organização internacional gerenciada por jovens é reconhecida pela ONU e está presente em cerca de 120 países e territórios. Para gerar esse impacto, desenvolve nos jovens as habilidades e o potencial de liderança com experiências voluntárias e intercâmbios. Além disso, os integrantes têm oportunidade de conhecer novas culturas e de criar uma rede de contatos com jovens que também desejam ser agentes de mudança.

 

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello 



postada em 15/02/2017 14:18 - 195 visualizações



Fotos