Google+

Fundação Cultural está de luto pelo falecimento de Ary Lingner
Bandeira do município ficará a meio mastro até quarta-feira no Mausoléu Dr. Blumenau.

A Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu) está de luto pelo falecimento do folclorista Ary Lingner, aos 81 anos, no último sábado, dia 11. O presidente da FCBlu, Rodrigo Ramos, determinou que a bandeira do município fique a meio mastro até quarta-feira, dia 15, no Mausoléu Dr. Blumenau. Recentemente, este importante personagem da história blumenauense teve a sua trajetória reconhecida pela Prefeitura, ao conceder-lhe a Medalha de Mérito Cultural Rose Gaertner. A entrega ocorreu em setembro, durante cerimônia solene que contou com a presença do prefeito Napoleão Bernardes.

A iniciativa do município foi um reconhecimento à contribuição de Ary na preservação do patrimônio artístico cultural de Blumenau. O folclorista fundou juntamente com a sua esposa, Itala Lingner, o Volkstanzgruppe Grünes Tal. Ao lado dela também auxiliava na coordenação dos grupos folclóricos das escolas. Participou ativamente da criação da Associação dos Grupos Folclóricos Germânicos do Médio Vale do Itajaí (AFG), onde por anos foi tesoureiro e teve como última função a de vice-presidente.

Ary deixa uma trajetória de doações em defesa da tradição, reforçando a importância de se manter viva a história e passar às próximas gerações os valores culturais que construíram a cidade, sem que isso excluísse a pluralidade aqui existente. Na Oktoberfest, por anos, foi responsável por organizar os dias das apresentações e desfiles dos grupos de danças folclóricas.

Ary Lingner teve a sua história de vida partilhada em prol dos clubes de caça e tiro e grupos folclóricos, uma dedicação que preservou com alegria até o momento de seu descanso final. “Esta cidade lhe é grata, Comendador Ary Lingner, por engrandecer a cultura de Blumenau, que certamente colherá os frutos de sua dedicação por muitas gerações”, escreve em comunicado os integrantes do Conselho Municipal de Política Cultural de Blumenau. “Seu Ary foi agraciado como comendador da cultura em setembro. Era muito querido por todos do segmento da dança folclórica. Foi um defensor da cultura blumenauense. Deixa um grande legado ao se dedicar à tradição do folclore alemão na cidade”, completa Rodrigo Ramos.

 

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello



postada em 13/11/2017 16:12 - 337 visualizações



Fotos