Google+

Bairro Testo Salto

O bairro começou a ser colonizado em 1860 e consta no mapa da Colônia de Blumenau de 1864, com 125 lotes, distribuídos pelas margens direita e esquerda do rio do Testo, ladeado por caminhos. A palavra “testo” possui diversos significados, sendo eles: vaso de barro indígena não cozido; testada da serra em Pomerode, onde nasce o rio do Testo, completando o nome com o salto do rio, apresentando desta forma, possivelmente, o nome em seu sentido mais original.

As ampliações do perímetro urbano ocorreu através do Decreto Lei nº 857, de 13 de maio de 1968, Lei nº 2.012 de 9 de agosto de 1974 e Lei Complementar nº 83 de 8 de junho de 1995, apresentando os limites do bairro, atualmente existentes.

A região permaneceu como área rural praticamente até o início dos anos 70, quando diversas ruas receberam denominação oficial. O asfaltamento da estrada geral, que ligava Blumenau ao município de Pomerode, impulsionou a expansão das indústrias. Outro fator preponderante foi os incentivos fiscais, que ajudaram no crescimento das atividades econômicas.

Em 1861, Johann Karsten se estabeleceu às margens do rio do Testo perto de uma cachoeira, e para aproveitar a queda d’água, construiu uma atafona, e em 1869, uma serraria. Em 1881, comprou na Alemanha seis teares e fundou a firma Roeder, Karsten e Hadlich, que, no ano de 1933, foi denominada de Cia Karsten SA, passando a ter nova denominação, no ano de 1941, de Companhia Têxtil Karsten. Sem dúvida esta foi à empresa que deu maior impulso ao bairro.

Entre os anos de 1864 e 1866, existia a Capela de São Nortker, feita de ripa de palmiteiras, onde em 13 de novembro de 1927, foi benta a pedra fundamental da Igreja. No ano de 1866, foi fundada a Fábrica de Louças de Barro, sendo conhecida, atualmente, por Manilhas Kretz Ltda. O Clube de Caça e Tiro Testo Salto começou a funcionar em 16 de agosto de 1946.


Links Relacionados
Perfil Completo do Testo Salto
Mapa do Testo Salto - Parte 1
Mapa do Testo Salto - Parte 2
Mapa do Testo Salto - Parte 3