Google+

Bairro Ponta Aguda

Ponta Aguda

O bairro foi criado oficialmente, em 28 de abril de 1956, pela Lei nº. 717 na administração do prefeito Frederico Guilherme Busch Júnior. A área fazia parte da região da Fortaleza, conforme consta no mapa da Colônia de Blumenau em 1864. Naquela data já existia a divisão de lotes coloniais na área. O meandro do rio Itajaí-Açú configura uma ponta acentuada de terra que deu origem ao nome do bairro de Ponta Aguda.
Num local chamado Capim Volta, final da República Argentina, morava Peter Wagner, em 1848, quando o Dr. Blumenau estudava a região para a implantação da Colônia.

O bairro fazia ligação com o Centro por meio de uma balsa instalada nos fundos do Biergarten com a Prainha (Praça Juscelino Kubistchek de Oliveira). O maior impulso foi dado ao bairro quando foi construída a Ponte dos Arcos da Estrada de Ferro, que foi concluída em 1950. A ponte foi restaurada, em 1996, e recebeu a denominação de Engenheiro Antônio Vitorino Ávila Filho. 

Outra estrutura responsável pelo rápido crescimento do bairro foi a Ponte Adolfo Konder, que foi inaugurada em 1º. de dezembro de 1957, ligando as ruas 15 de Novembro e República Argentina.

O bairro era restritamente residencial até a implantação do Anel Viário Norte, quando a rua República Argentina foi alargada, prolongada e calçada com paralelepípedos. Em 1992 a via foi pavimentada com asfalto.

Na área mais próxima ao bairro Centro se desenvolveu as atividades do setor de prestação de serviços. A rua Silvano Cândido da Silva recebeu sua denominação em 13 de outubro de 1977, na administração Renato de Mello Vianna, época em que se realizou o prolongamento e a ligação com o município de Gaspar, pela margem esquerda. 

As ruas República Argentina, Paraguai, Bolívia e Avenida Brasil, foram nominadas em 28 de agosto de 1952, pela Lei nº. 365. A rua das Missões, que faz parte do Anel Viário Norte, foi nominada em 21 de outubro de 1961; a rua Henrique Reif, que faz ligação ao Morro do Abacaxi, em 20 de abril de 1955. A rua Luís Eleodoro da Silva, denominada em 7 de junho de 1977, dá acesso ao Morro da Pedreira, área pública ocupada irregularmente por imigrantes.

Em 28 de julho de 1971, a Prefeitura de Blumenau concede, em regime de comodato, o terreno onde foi construído o restaurante típico denominado de Moinho do Vale.

Em 14 de maior de 1976 é implantado em Blumenau o sistema DDD e DDI (Discagem Direta a Distância e Discagem Direta Internacional) através da Telesc, integrada ao sistema Telebrás, que se localizava na rua 15 de Novembro, defronte ao banco Bradesco, como nome de Companhia Telefônica de Santa Catarina.

A Praça Juscelino Kubitschek foi inaugurada no dia 7 de setembro de 1979, numa área facilmente inundável, onde existia a passagem da balsa para a Praça Hercílio Luz. Nesse ponto se encontra em exposição o Vapor Blumenau que muitos serviços prestou à população da Colônia no transporte até o município de Itajaí. Também foi construída, na mesma praça, uma Concha Acústica, patrocinada pela empresa Artex.

 

Links Relacionados

Perfil Completo da Ponta Aguda
Mapa da Ponta Aguda - Parte 1
Mapa da Ponta Aguda - Parte 2