Google+

Bairro Centro

O bairro Centro foi criado pela Lei nº. 717, de 28 de abril de 1956, pelo Prefeito Frederico Guilherme Busch Junior. O surgimento da cidade deve-se ao Dr. Hermann Bruno Otto Blumenau, que vindo da Alemanha, em 1848, subiu o rio Itajaí-Açu, onde explorou os ribeirões Garcia e Velha e os rios do Testo e Benedito, acompanhado do caboclo canoeiro Ângelo Dias.

Já existiam alguns moradores distribuídos pelo Garcia, Velha e Ponta Aguda, conhecido, por alguns, como Capim Volta. Muitas dificuldades surgiram durante a implantação da Colônia, como a contratação dos imigrantes na Alemanha, os difíceis meios de transporte, os enfrentamentos com os silvícolas, os ataques de feras, as cobras venenosas e as inundações periódicas que destruíram estradas, casas, agricultura e pecuária.

Em 2 de setembro de 1850, chegaram pelo rio os primeiros 17 imigrantes que se instalaram provisoriamente às margens do ribeirão da Velha e depois foram alocados para galpões construídos de ripas de palmitos próximos à desembocadura do ribeirão Garcia.

A marcação dos Lotes Coloniais se iniciou em 28 de agosto de 1852, em direção ao Garcia, pertencendo o lote nº. 1 ao Dr. Blumenau. Sua casa de alvenaria, em estilo enxaimel, foi construída em 1864 e abriga hoje o museu da Família Colonial.
Os lotes da povoação, em número de 15, eram menores que os coloniais, que mediam entre 25 a 30 hectares. Sempre eram reservados áreas para estabelecimento de igreja, cemitério e escola a cada distância de 8 a 10 quilômetros.

No dia 22 de agosto de 1852, chega a Blumenau o Dr. Fritz Müller, o irmão e familiares que haviam desembarcado em São Francisco do Sul. Eles adquiriram um lote cada às margens do ribeirão Garcia.

À medida que eram abertas as picadas, que deram origens às primeiras ruas, os lotes iam sendo demarcados e ocupados, a partir dos ribeirões e do rio Itajaí-Açu. No ano de 1864, estavam demarcados cerca de 630 lotes e ocupados por 2.027 habitantes.

Links Relacionados
Perfil Completo do Bairro Centro
Mapa do Centro